sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Vídeo da Remada


video



video

Caiaque pelo Rio Ibicuí da Armada

Percurso de 76 km pelo Rio Ibicuí da Armada até a cidade de Rosário do Sul, RS.
Saímos no dia 07/09/2017, acampamos duas noites e chegamos em Rosário do Sul as 15:30h do dia 09/09/2017.
Excelente remada com os parceiros Samuca e Ronei.
O rio estava com a caixa bem alta ... havia chovido uns dias antes ... o rio estava com uma correnteza moderada em alguns pontos e forte em outros.
Foi uma grande aventura.













sexta-feira, 3 de março de 2017

Roma

Saímos de Santana do Livramento, eu e a Roberta, com destino a Dom Pedrito e depois Porto Alegre.
De Porto Alegre voamos até São Paulo e de lá para Londres, seguindo então para Roma, a cidade eterna.
Ainda no Brasil, reservamos hotéis pelo Booking para todas as cidades onde dormiríamos.
Em Roma, o Hotel escolhido estava bem próximo da estação de trem de Termini, que possui linha direta com o aeroporto.
Hoteis próximos a estações de trem ou de metrô facilitam muito a vida do turista.
No primeiro dia em Roma, visitamos o Coliseu (metro de Termine até a estação Coliseu). do Coliseu, seguimos a pé até o Arco de Constantino, Foro Romano, Monte Palatino (onde ficava o palácio dos imperadores romanos) e depois fomos ao museu do Capitólio, onde está a escultura famosa da loba amamentando Rômulo e Remo.
Retornamos ao Coliseu e seguimos para a Basílica de San Giovani Laterano, igreja onde o Papa reza a missa, pois é o Bispo de Roma.
Tudo isso fizemos a pé.
 Da Igreja retornamos ao hotel de metrô.
Agora as fotos:

COLISEU





ARCO DE CONSTANTINO:


FORO ROMANO (DE CIMA DO MONTE PALATINO):








MUSEU DO CAPITÓLIO:




BASÍLICA DE SAN GIOVANI LATERANO:



sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Viagem Itália

Depois de conhecer San Blás no Panamá e da experiência incrível com os índios Kunas (que não narrei aqui), estou embarcando dia 11 de fevereiro de 2017 para a Itália ... incialmente Roma e depois mochilão para Florença, Cinque Terre, Pisa, Toscana, Milão e finalmente Veneza ... com retorno por Frankfurt.
Mares Tirreno e Adriático.
Tentarei manter atualizada a viagem aqui no blog, postando fotos que for tirando no caminho!

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Pico Paraná - Excelente aventura!

Conforme informações do site   http://fazendapicoparana.altamontanha.com/parana.asp o Pico Paraná é a montanha mais alta da Região Sul do Brasil, formação rochosa de Granito e Gnaisse, entre o município de Antonina e Campina Grande do Sul, no conjunto de serra chamado Ibitiraquire. A vegetação é composta em quase sua totalidade em Floresta Ombrófila Densa Montana e Alto-Montana e de refúgios ecológicos
Em 1992 sua altitude foi aferida em 1.877,392 metros através do Sistema de Posicionamento Global por três equipes da Universidade Federal do Paraná, coordenadas pelo professor Paulo César Lopes Krelling, do curso de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas Esta medida é adotada oficialmente desde então.

A "Fazenda Pico Paraná" possui infra-estrutura para atendimento dos montanhistas que vão ao local. São, aproximadamente, de 6 a 8 horas de caminhada para chegar ao cume. A trilha não apresenta dificuldades técnicas, mas exige atenção do montanhista e um considerável exercício físico para chegar no topo da montanha. Estando numa zona de clima subtropical, é importante tomar precauções nas escaladas durante boa parte do ano, principalmente no período de inverno, visto a regularidade de temperaturas abaixo de zero Celsius (0ºC). Equipamentos básicos e vestuários apropriados, evitam vários inconvenientes.

Mas todo o esforço é recompensado, quando do cume você contempla a maravilhosa vista da serra do mar, com sua exuberante Mata Atlântica, do litoral paranaense, com as baías de Antonina e Paranaguá e mais ao longe a cidade de Curitiba!

Sempre é bom lembrar que a área é caracterizada como área de preservação, assim todo o cuidado é pouco. E lembre-se de seguir todas as regras de visitação de Mínimo Impacto

A aventura se deu na companhia do meu filho Marcirio Ruschel Oliveira e do grande amigo Samuel Tolbach




















quinta-feira, 8 de maio de 2014