sábado, 19 de janeiro de 2008

12º Dia - 19/01/2008 - Na cratera do Vulcao Villarrica







 



  
 












 

Ahhhh... consegui subir no Vulcáo Villarrica.... muita neve, subida íngreme.... às vezes muito frio... às vezes muito calor.... às vezes muito vento... mas subi.
Pela primeira vez fiz uma subida na neve... é muito perigoso .. e muito gelado também..
A agência fornece roupas, calçados, luvas, capacete, grampos p/ a neve e mochila para levar alimentos e água.... muita água.... Mas a roupa que comprei em Porto Alegre é muito boa... náo precisei usar a da agência... bem como a bota de trilha usei a minha, pois é impermeável .... usei as polainas... e para descer as luvas da agencia... as minhas luvas usei para subir.... coloquei duas meias e me fui!
Se deve usar muito protetor solar (pele e lábios - comprei aqui um especial para os labios... que náo tem no Brasil).
Bem... na neve é bastante perigoso, pois às vezes ela está mais congelada (parecida com cubos de gelo) e aí há um grande risco de escorregar... e se escorregar, se vai parar lá embaixo... e também às vezes aparece uma cratera no gelo (como a da foto - passamos pertinho).
Foram umas seis horas de subida... dessas seis, umas 4 só na neve.
Lá na cratera náo há neve... e é um lugar "quentinho". Quando estava andando em volta da cratera, havia muito vento e esse vento trouxe a fumaça que sai do vulcáo para o meu lado... respirei e quase tive um "troço", que coisa que arde... é ácido sulfúrico puro (me disse o guia).
Bueno, a descida foi mais tranquila, pois usados o "sky bunda".... (se coloca um tipo de avental na bunda... se senta na neve e faz como um tobogan.
Realmente para subir há que ter muita persistência, muito bom preparo físico, náo se pode ter medo de altura (por arrepia mesmo) e tem que saber suportar o frio. Ah... subi com mochila que pesava uns 12 kilos.... haja fôlego.
Subi com três americanos (dois homens e uma mulher), um espanhol e um chileno. O guia era chileno, mas todo o tempo só falava inglês ... como aqui eles falam inglês.., e como vem americanos, alemáes, ingleses... aqui está cheio... ouço mais o inglês do que o espanhol.. náo é brincadeira.
A vista lá de cima é algo para náo se esquecer... se vê acima das nuvens.... e se vê muito longe... o guia me mostrou o Vulcáo Osorno que fica a quase 500 km mais ao sul.... é onde eu vou daqui a uns dois ou três dias... náo sei se vou subir... deixa me recuperar primeiro...ehehe.
Ainda... lembro que o amigo Julio Cesar Amaral me disse que era p/ colocar a camisa do Grêmio... Bueno Julio .. cumpri a palavra e subi com a camisa do Grêmio (veja a foto)... bem no alto.. no lugar onde o Grêmio tem que estar... duvido que algum colorado tenha feito isso... ou até mesmo duvido que algum colorado tenha subido em algum vulcáo ativo.
Gente... é incrível... lá em cima dá para ouvir o barulho da lava do vulcáo ... algo fantástico... aquilo está bem vivo!!

2 comentários:

  1. Marlise e Ana Emilia19 de janeiro de 2008 22:01

    Eu e a Ana Emilia somos coloradas corajosas, só ainda não tivemos oportunidade para subir no vulcão até a cratera,mas deixa estar, ainda vamos até lá.
    Beijos
    Tua esposa e filha

    ResponderExcluir
  2. show de bola!!! estamos aguardando seu retorno. Fica com Deus e ti cuida cara.

    ResponderExcluir